Política de Fretes e Entregas

ENTREGAS

O produto adquirido será enviado ao cliente após a confirmação do pagamento do mesmo pela Instituição Bancária (para pagamentos via boletos bancários e depósitos) ou Operadoras de Cartões de Crédito, ou ainda mediante confirmação de pagamento do PagSeguro ou Mercado Pago (dependendo da forma de pagamento escolhida pelo cliente no ato da compra).

Não enviamos produtos via Reembolso Postal, os pedidos são encaminhados para separação dos produtos apenas após a confirmação prévia do pagamento.

A forma de envio do produto será escolhida pelo cliente antes do pagamento e incluída no valor final da fatura. Este frete é por conta do cliente.

PRAZO DE ENTREGA

Após o pagamento por parte do cliente, o prazo de entrega dependerá do tipo de envio escolhido pelo cliente. Este prazo quem fornece são os Correios, após escolha do tipo do frete (SEDEX ou Encomenda Normal). Este prazo é contado após a data de despacho pelos Correios.

Informamos que este prazo poderá ocorrer um atraso caso haja algum dos seguintes problemas:

    GREVE DOS CORREIOS;

IMPORTANTE: "Conforme noticiado por diversos canais da mídia, os funcionários dos Correios iniciaram greve em várias regiões do País, por não concordarem com a mudança no plano de saúde oferecido pela Empresa Brasileira de Correios e Telegráfos (ECT). Apesar da paralisação cerca de 90% do efetivo da Empresa parou de funcionar, porém somente 2.800 funcionários continuam trabalhando, segundo os Correios.

A Greve dos Correios já dura 42 dias, concluíram o TST (Tribunal Superior do Trabalho). A Greve começou em 29 de Janeiro de 2014 e atingiu atualmente mais de 10 Estados e 3 Regionais, a saber: Minas gerais, Mato grosso, Rio Grande do Sul, Piauí, Amazonas, Paraná, Ceará, Santa Catarina, Pernambuco, Paraíba, Vale do paraíba, Campinas e São José do Rio Preto, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios (FENTECT).

Porém, a entrega de cartas e encomendas será mantida, embora exista a possibilidade de atrasos no Sedex 10, Sedex e Disque Coleta, foram suspensos em algumas regiões por se tratarem de horário marcado. A paralisação atinge, em média, 32% do efetivo total da Empresa, alcançando 40% em alguns setores.

No interior do Estado de São Paulo, a média de paralisação é inferior à Nacional em torno de 16%. Deflagrada a Greve de servidores dos correios, a empresa e a Federação Nacional dos Correios e Telegráfos (FENTECT), relata além do acúmulo, a paralisação está afetando a rotina em alguns setores. Para os comerciantes, por exemplo, o principal problema é o serviço de entregas prejudicado, lojistas se veem obrigados a buscar métodos alternativos como contratar algumas transportadoras para garantir que os consumidores recebam os produtos." Fontes: Band Cidades :: E-commerceBrasil :: EPTV/G1 :: FENTECT/CUT

"Outro motivo de atraso dos Correios, relatado pela mídia: Com o aumento da criminalidade nas grandes cidades do País, os Correios passaram a adotar escolta armada para garantir a entrega de encomendas em àreas consideradas de risco, desde o final de 2013. Isto tem paralisado entregas em diversas regiões do País.

Em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Santos, Campinas, Jundiaí, Sumaré, virou rotina a presença de seguranças armados acompanhando as entregas dos Correios, porém, em algumas regiões como Ouro Verde, as entregas foram suspensas por tempo indeterminado, e a base dos Correios pede que os moradores façam a retirada de suas encomendas no local." Fontes: G1 :: Folha de São Paulo :: Bom Dia Brasil :: Terra :: Globo.com :: Portal CBN Campinas

    EXTRAVIO DA MERCADORIA PELOS CORREIOS;

Um grande problema que afeta as entregas de mercadorias pelo Brasil afora, tem sido o extravio de encomendas pelos Correios.

Recentemente, conforme noticiado no Bom Dia Brasil em 06/08/2014 - programa da Rede Globo de Televisão - funcionários de uma agência dos Correios em Carira - SE, roubavam produtos do setor de registros e entregas dos Correios. Como a agência representava menos de 1% do total de encomendas registradas no Estado de Sergipe, o volume de desvios chamou a atenção, pois representava 66% do valor pago em indenizações por causa de extravios. (Veja a matéria completa no link: http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2014/08/se-imagens-mostram-funcionarios-dos-correios-roubando-encomendas.html )

Com relação a extravios de mercadorias pelos Correios, os mesmos indenizam os clientes por eventuais serviços não prestados, atraso na entrega, devolução/entrega indevidas ou, ainda, por inconformidades que comprometam a integridade do conteúdo do objeto, como avaria, espoliação, extravio, roubo etc. (http://www.correios.com.br/para-voce/precisa-de-ajuda/o-que-fazer-se-sua-encomenda-nao-chegou).

Para tal, a encomenda deve ser registrada. Segundo os Correios, todos os serviços de encomendas no Brasil são registrados. Exceto no caso de cartas, onde pode-se optar por postá-las simples ou registradas. Este rastreamento permite a visualização mais detalhada do trajeto percorrido, da origem até o destino. Porém, as cartas registradas possuem apenas rastro na origem e no destino.

As reclamações por atraso na entrega só podem ser feitas se os prazos de entrega do objeto estiverem expirados. O limite de prazo para reclamação de objetos registrados nacionais é de 90 dias, a contar da data prevista de entrega.

Os Correios não pagam indenizacao para:

1. Objeto simples: sempre que o objeto é postado sem registro;
2. Erro de endereçamento: quando o objeto registrado apresenta endereçamento incorreto ou insuficiente;
3. Objeto com valor mercantil não declarado: quando ocorre a postagem de objeto com valor mercantil, sem a correspondente declaração no ato da postagem;
4. Retenção por autoridade competente: quando ocorre a retenção por autoridade alfandegária ou policial de âmbito Federal ou Estadual;
5. Prejuízos indiretos e benefícios não realizados;
6. Caso Fortuito ou Força Maior: situações em que, apesar dos cuidados e procedimentos de segurança observados no âmbito dos Correios, acontecem inconformidades por fatores externos, que interferem nas condições de entrega pela empresa, tais como fechamento de aeroportos, enchentes, incêndios, deslizamentos de terra e queda de pontes;
7. Objeto mal acondicionado (mal embalado).

    ALGUM PROBLEMA EM NOSSO ESTOQUE.

De nossa parte procuraremos evitar o máximo possível os transtornos decorrentes deste processo.

Continuar
Editoras
Pesquisa Rápida
 
Use palavras-chave para encontrar o produto que você está procurando.
Busca Avançada
Estatísticas
No momento há 68 Visitantes online.
Como chegar
Rastrear pedido



Livraria SoLivros.
CNPJ: 53.267.704/0001-91
Escritório Central: Av. Brasil, 44 - CEP: 19010-030 - Presidente Prudente - SP

Televendas:
(18) 3221.5109 (18) 9.9753.9014 WhatsApp
(18) 9.9759.1819 Vivo (18) 9.8100.9014 Tim
(18) 9.8808.4264 Oi (18) 9.9160.1741 Claro
Horário: 9h às 18h, Seg. a Sexta
(fechado para almoço as 12:00 as 13:00 horas)
Email:
atendimento@solivros.com.br
 
Todo o site em até 10X s/juros nos cartões de crédito
Visa, American Express, Mastercard e Diners, parcela mínima de R$20,00.
   

 
 
Todos direitos reservados. Designed by Portal Prudente. Copyright © 2015.